Programa de concessões agrada, mas ainda gera dúvidas no mercado

0
531

São Paulo, 14/09/2016 – O novo cronograma de concessões é ambicioso, mas não parece impossível, para o economista Gesner Oliveira, sócio da GO Associados, segundo matéria publicada hoje no jornal O Estado de S. Paulo.

“Do ponto de vista de princípios e diretrizes, o programa parece muito bom”, disse Gesner ao jornal. “O discurso feito pelo Moreira Franco (secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos) soa como música aos ouvidos dos investidores”.

Segundo Oliveira, a vantagem do Programa de Parcerias em Investimento (PPI) é seu formato de conselho, que tem no comando o presidente da República. Isso sugere que as decisões sejam mais rápidas. Ele lembra ainda que órgãos de controle, como o TCU e autoridades ambientais, estarão mais próximos do projeto, fazendo com que as etapas sejam paralelas, e não sequenciais.

Assim como Gesner, o discurso do governo sobre seu apoio aos investimentos em infraestrutura agradou o mercado, entretanto há ressalvas.

Para o sócio da área de Infraestrutura do escritório Machado Meyer, Mauro Penteado, o PPI tem um voto de confiança e o “benefício da dúvida”, mas a secretaria precisará entregar o que está se propondo a fazer.

“A modelagem precisa ter apelo para a iniciativa privada e eles precisam descobrir esse caminho em pouco tempo”, disse Penteado ao Estadão, relembrando que o governo durará apenas dois anos.

Em relação ao financiamento, na visão de Diogo Berner, superintendente executivo de Project Finance do Santander, o modelo de financiamento com que o governo trabalha, em que os bancos terão papel de dar garantia na fase mais arriscada do projeto, por meio de fiança, e estruturar instrumentos de mercado, como as debêntures, é positivo, mas não universal.

“Não estamos falando de um modelo que funcionaria sem olhar cada ativo e olhar cada concessão”, explica Berger ao jornal.

David Abreu david.abreu@goassociados.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.