Custo da construção volta a acelerar e atinge 0,37% em setembro

0
1025

São Paulo, 27/09/2016 – O Índice Nacional do Custo da Construção – Mercado (INCC-M) registrou, em setembro, aceleração de 0,37%, ante os 0,26% no mês anterior, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com esse resultado, o INCC-M já acumula 5,60% no ano e 6,44% em 12 meses.

O grupo materiais, equipamentos e serviços apresentou variação de 0,16% em setembro, ante 0,26% em agosto. O índice correspondente a materiais e equipamentos registrou variação de 0,25%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,26%. Dos quatro subgrupos componentes, três apresentaram acréscimo em suas taxas de variação, destacando-se materiais para acabamento, cuja taxa passou de -0,25% para 0,10%. Já a parcela correspondente a serviços passou de uma taxa de 0,28%, em agosto, para -0,15%, em setembro.

Já o grupo da mão de obra registrou variação de 0,55% em setembro, ante 0,26% no mês anterior. Segundo a FGV, esta variação ocorreu devido à primeira parcela dos reajustes salariais de Brasília e o início da captação da segunda parcela do reajuste salarial de São Paulo, praticado em janeiro de 2016.

Entre as capitais, São Paulo e Brasília apresentaram aceleração nas suas taxas de variações, enquanto Salvador, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre registraram desaceleração. O INCC-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

capitais

David Abreu –  david.abreu@goassociados.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.