Destaques da imprensa 16/12

0
753

Pacote busca dar mais alívio para dívidas das empresas

São Paulo, 16/12/2016 – O presidente Michel Temer reuniu sua equipe econômica e anunciou ontem um conjunto de medidas para tentar dar fôlego às empresas e melhorar o nível de atividade econômica, segundo matéria publicada jornal Valor Econômico Entre as principais medidas estão regularização de dívidas tributárias e previdenciárias, a renegociação de dívidas de grandes empresas com o BNDES dentro do Programa de Sustentação do Investimentos (PSI), a redução da multa adicional de 10% do FGTS na demissão sem justa causa e a divisão dos lucros do fundo com os cotistas. Foi anunciada também autorização para que os lojistas façam diferenciação de preços entre dinheiro e cartão.

Temer disse que as medidas visam “incrementar a economia brasileira num momento em que queremos o crescimento do país”.

Para ler a matéria completa, clique no link abaixo:

Matéria – Valor Econômico

 

 

Parcerias Público-Privadas podem gerar R$ 41 bi para o Rio, diz Firjan

Em meio à crise de arrecadação que afeta o Estado do Rio e seus municípios, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) elaborou um estudo defendendo a implantação de 126 projetos de Parcerias Público-Privadas (PPPs), segundo matéria publicada no jornal O Globo.

Estes projetos renderiam, nos próximos 20 anos, R$ 22,4 bilhões ao Estado, R$ 13,2 bilhões à cidade do Rio e R$ 5,4 bilhões a outros municípios fluminenses.

Dentre as concessões apontadas pela entidade, estão as rodovias as estaduais RJ-081, RJ-102, RJ-106, RJ-140 e a concessão da distribuição de água e tratamento e coleta de esgoto, serviços hoje realizados pela Cedae, em 12 cidades, incluindo o Rio de Janeiro e suas favelas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

O documento será divulgado hoje e, segundo a Firjan, levado aos prefeitos e ao governador.

Para ler a matéria completa, clique no link abaixo:

Matéria – O Globo

 

 

David Abreu | david.abreu@goassociados.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.